Fundamentos de Gestão de Projeto

Logo DGERT

Apresentação

Pretende-se dotar os profissionais, envolvidos em projectos, de conhecimentos e boas práticas em metodologias de referência a nível mundial.

Destinatários

Membros de equipas de projecto, gestores de projecto e outros profissionais com experiência de projectos, que desejem refrescar conhecimentos, bem como aprender técnicas avançadas de gestão de projectos.

Objetivos

  1. Utilizar os processos adequados na Gestão de Projectos;
  2. Identificar e analisar as diferentes fases e características de um projecto;
  3. Utilizar os meios adequados na gestão de cronogramas e orçamentos apropriados;
  4. Identificar e gerir o âmbito, problemas, comunicação e riscos;
  5. Identificar e gerir o nível de qualidade adequado num projecto;
  6. Identificar métricas para optimizar os processos e avaliar o desempenho dos projectos.

Para atingir os objectivos descritos, será efectuada uma avaliação quantitativa através da realização de exercícios práticos (use cases).

Pré-requisitos

É vantajoso que os formandos possuam experiência de projectos e conhecimento de uma ferramenta de apoio à gestão de projectos.

Programa

  1. Enquadramento relacionado com a Gestão de Projectos
  2. Introdução
  3. Ciclo de Vida 
  4. Organizações
  5. Integração
  6. Processos de Gestão de Projeto
  7. Gestão do Âmbito
  8. Gestão do Tempo
  9. Gestão do Custo
  10. Gestão da Qualidade
  11. Gestão dos Recursos Humanos
  12. Gestão da Comunicação
  13. Gestão do Risco
  14. Gestão de Compras
  15. Gestão de Stakeholders
  16. Exercício Prático
  • Principais fases de um projecto efectuando analogias às diferentes realidades de conceito de projecto (tecnologias de informação, processuais/organizacionais, etc…);
  • Introdução às 10 áreas de conhecimento de Gestão de Projectos permitindo uma visão global de todas as áreas que são geridas por um gestor de projecto. Análise do paradigma de empresas com as diferentes responsabilidades de um gestor de projecto;
  • Ciclo de vida dos projectos, apresentação da importância das mesmas na realização de um projecto e envolvimento de stakeholders (partes envolvidas) ao longo de todo o projecto;
  • Organizações de empresas e de projectos permitindo identificar o adequado alinhamento entre si de forma a atingir o sucesso dos projectos e das empresas relacionadas.
  • A visão de todos os grupos de processos (fases) desde o início ao fecho dos projectos (a aplicabilidade da metodologia de referência como uma boa prática de gestão):

o Grupos de Processos (Iniciação, Planeamento, Execução, Monitorização/Controlo e Fecho);

o Alinhamento dos processos com as realidades profissionais de cada formando.

  • Os principais entregáveis (documentos de gestão) dos grupos de processos (Project Charter, Project Management Plan, Risk Register, Status Report, etc…);
  • Técnicas de gestão, execução e monitorização dos projectos permitindo o sucesso na entrega dos projectos;
  • Coordenação dos pedidos de alteração garantindo que são protegidas as bases de gestão tanto do ponto de vista temporal e financeiro como contratual, recursos e outros aspectos relacionados/relevantes.
  • Definição e conceitos relacionados com âmbito e boas práticas na utilização de pressupostos, constrangimentos e out-of-scope (fora de âmbito);
  • Técnicas adequadas para a definição e gestão do âmbito permitindo um alinhamento com outras componentes com forte relação (tempo, custo, riscos, etc…);
  • Métodos de elaboração na gestão de requisitos de forma a garantir a responsabilização e documentação adequada na entrega do projecto;
  • Boas práticas na garantia da execução de requisitos e apresentação de ferramentas de suporte à estruturação dos mesmos (ex: matrizes de rastreabilidade);
  • Definição da WBS – Work Breakdown Structure e a sua aplicabilidade nas diferentes áreas de conhecimento (gestão do âmbito, comunicação, etc…);
  • Utilização da WBS para gerir o âmbito dos projectos tal como a sua aplicabilidade para com todos os stakeholders;
  • Definição e gestão do âmbito com utilização de indicadores de performance.
  • Conceitos base relacionados com a gestão temporal de projectos;
  • Métodos adequados para planear um projecto permitindo uma eficiente definição de actividades;
  • Utilização de ferramentas e técnicas para criação das dependências das actividades;
  • Utilização das bases de gestão de tempo para identificação das tarefas críticas dos projectos (caminho crítico);
  • Definição e utilização de indicadores que permitam uma adequada gestão do tempo correlacionando com as outras áreas de conhecimento, tais como custo, âmbito, risco, comunicação;
  • Elaboração do plano de projecto e actualização recorrente do mesmo ao longo do ciclo de vida do projecto. A importância de garantir um envolvimento das equipas na actualização dos planos.
  • Conceitos base das componentes financeiras associadas a projectos;
  • Técnicas de referência para uma adequada obtenção de estimativa de custos;
  • Agregação e determinação do orçamento do projecto contemplando todas as rúbricas financeiras associadas a projectos (ROI, TIR, Payback, etc…);
  • Ferramentas e métodos adequados para um controlo e monitorização de custos eficiente;
  • Definição e utilização de indicadores financeiros para eficientemente monitorizar os custos de um projecto;
  • Introdução e utilização da técnica de Earned Value Management.
  • Gestão da Qualidade

o Técnicas, metodologias e normas para planear a gestão da qualidade dos projectos;

o Definição dos requisitos de qualidade;

o Identificação dos indicadores de performance que permitem garantir a qualidade do projecto (Qualidade do projecto versus qualidade do produto/solução);

o Utilização de metodologias de referências para garantir a devida gestão da qualidade;

o Técnicas para o controlo e monitorização da qualidade

com o envolvimento dos stakeholders.

  • Gestão dos Recursos Humanos

o Planeamento das necessidades dos recursos dos projectos tais como o desenvolvimento dos mesmos no percurso do projecto;

o Identificação das necessidades de formação dos recursos humanos envolvidos no projecto;

o Contratação/Aquisição dos recursos com os devidos tipos de colaboração para garantir a melhor produtividade do projecto;

o Desenvolvimento e gestão das equipas através de métricas de avaliação e obtenção de ganhos partilhados na entrega do projecto.

  • Definição das regras da comunicação para os diferentes tipos de projecto;
  • Identificação das necessidades de comunicação dos stakeholders;
  • Distribuição da informação de acordo com o desenvolvimento do projecto;
  • Identificação dos diferentes tipos de comunicação e aplicabilidade dos mesmos para as diferentes fases do projecto;
  • Utilização de técnicas adequadas para o envolvimento de todos os elementos do projecto (Ex: Matriz das responsabilidades).
  • Definição da estratégia para a gestão de risco;
  • Identificação dos métodos e stakeholders a serem utilizados no ciclo de vida da gestão dos riscos do projecto;
  • Identificação dos riscos através de técnicas adequadas aos projectos;
  • Análise qualitativa e quantitativa dos riscos para identificação das estratégias adequadas à gestão dos mesmos;
  • Planeamento das acções de resposta aos riscos com o envolvimento dos stakeholders tais como as adequadas respostas para acções preventivas na sua gestão;
  • Monitorização dos riscos para garantir que as acções de resposta são eficazes e que se tornam eficientes temporalmente e financeiramente.
  • Fecho de contratos para garantir que os objectivos e compromissos estabelecidos são devidamente assegurados no âmbito dos projectos.
  • Gestão de contratos permitindo responder às necessidades do projecto como em garantir o devido envolvimento das partes contratadas (Ex: Fixed prices, times and material, cost reiumbersable, etc…);
  • Selecção de fornecedores com as abordagens adequadas para as necessidades do projecto e alinhamento com programas e/ou portfólios;
  • Planeamento das aquisições dos projectos com uma abordagem benéfica para as partes envolvidas (identificação dos adequados tipos de contratos como das claúsulas adequadas na gestão dos riscos operacionais/estratégicos associados);
  • Definição de critérios para as aquisições com o alinhamento estratégico das empresas e dos projectos;
  • A importância na adequada identificação de Stakeholders;
  • Técnicas eficientes para determinação dos diferentes tipos de stakeholders;
  • Posicionamento dos stakeholders numa matriz que permita efectuar uma adequada gestão de stakeholders;
  • Planeamento das acções de acompanhamento dos Stakeholders nas diferentes fases de um projecto;
  • A obtenção de compromissos e o envolvimento dos stakeholders em cumprir com as suas responsabilidades;
  • O alinhamento da gestão de stakeholders com as matrizes de responsabilidades e gráficos de análise de poder e interesse.
  • Realização de um exercício prático completo que abrange todas as áreas apresentadas e praticadas nos tópicos anteriores.

Inscreva-se

Fundamentos de Gestão de Projeto

  • Nº Horas
    21h
  • Preço
    950€ Early bird